terça-feira, 17 de março de 2015

0

MORTALIUM: Entrevista com a vocalista Maria Nosyk

A banda de Gothic/Death Doom metal ucraniana MORTALIUM formada em 2009 chegam às páginas do Silence of Shadows por uma gentileza de sua vocalista Maria Nosyk que aceitou falar conosco sobre sua nova obra "Obligate Loneliness" que saiu em Fevereiro via La Mazakuata Records no México e na Europa via Wolfshade Records.  
O novo disco com 10 faixas está disponível para audição e download via bandcampAlém de falar sobre o novo álbum da MORTALIUM, Maria Nosyk também comentou sobre Beatles, bandas brasileiras e muito mais. Confiram!

SS - Olá Maria, bem vinda ao Silence of Shadows. Por favor, apresente a Mortalium aos nossos leitores e visitantes 
Maria Nosyk - Olá a todos. Obrigado por esta oportunidade de apresentar nossa banda pra vocês. Mortalium é uma formação gothic / death-doom. Nós começamos a cerca de 6
anos como uma banda de gothic-doom, mas recentemente temos mudado para uma sonoridade para um pouco mais brutal e agressiva.

O que fazemos atualmente é um ajuste bastante racional de idéias musicais sob a forma de um ritmo médio, música sombria, com elementos de groove. O estilo de música é principalmente definido pelos temas das canções que criamos onde escolhemos temas filosóficos e sociais como os principais conceitos.
Nosso principal objetivo não é produzir e promover a música em si, mas transformá-la em instrumento com que nós poderíamos fazer a sociedade mais consciente e, consequentemente, o mundo em torno de nós um lugar melhor para viver.


SS - A Mortalium acaba de lançar seu segundo álbum, poderia comentar sobre ‘Obligate Loneliness’ e quais são as expectativas da banda em torno deste disco?
Maria Nosyk - O CD "Obligate Loneliness " contém 10 composições que incidiu mais sobre a noção de "solidão", como o título sugere. Cada composição retrata uma nova visão dessa noção. Aqui encontrará o ascetismo forçado causado pelo ódio social e luta por espaço pessoal causado pelo excesso de atenção; alienação causada pela falta de compreensão, juntamente com ódio aberto que nega tudo. Em geral, as composições são como espelhos trincados que refletem o conceito principal com ângulos diferentes.
Esperamos que os fãs do gênero encontrem um álbum para escutar no sentido mais positivo. Assim como este irá forçá-los a rever a sua atitude perante a vida e si mesmo, enquanto não seja tarde demais.

SS - O novo álbum inclui uma versão metal de "Eleanor Rigby" dos Beatles. Porque incluirão esta canção? e até onde os Beatles influenciam na música da Mortalium?
Maria Nosyk - Junto com metal ouvimos praticamente todos os tipos de música, exceto o rap. Qualquer gênero que tenha algo digno e útil para se aprender. Assim, a escolha de cover não foi apenas pelo nosso amor e respeito aos Beatles, que eles definitivamente têm, mas pela letras de Eleanor Rigby, que acabou por ser inesperada doom. Por isso, pareceu-nos que tal experiência pudesse ser bastante interessante para nós e para o público. E pelo que eu vejo agora, eu acho, que atingimos a meta.:))


SS - E que vocalistas mais te influenciaram em sua formação como cantora?
Maria Nosyk - Entre os que me influenciou mais do que tudo são Anneke van Giersbergen (Agua de Annique, ex-The Gathering) e Cristina Scabbia (Lacuna Coil) por seus arranjos e desempenho emocional e vocal, bem como a cantora pop francesa Lara Fabian por ela ser simplesmente excepcional e excepcionalmente correta do ponto de vista educacional de formação de voz.

SS - Sinta-se livre também para nomear seus guitarristas favoritos, já que você é uma guitarrista de formação.
Maria Nosyk - Christofer Johnsson do Therion e Esa Holopainen do Amorphis por seus riffs memoráveis e Groovy.

SS - Conte-nos sobre os planos para uma turnê promocional do novo álbum?
Maria Nosyk - Certamente estamos planejando apresentar o nosso álbum em um futuro próximo. Eu não posso dizer que vai ser um passeio, mas sim uma série de shows de apresentação, que terá lugar na maior parte nos finais de semana durante abril-maio de 2015. Além disso, se a situação no nosso país é mais ou menos favoráveis para nós ainda esperamos apresentar o álbum na República Checa no verão 2015 durante a nossa participação no "Agressive Music Fest".
Além disso, também temos alguns planos quanto à apresentação de tour no oeste da Ucrânia e da Europa Oriental algo em torno de Outono 2015 - Primavera de 2016. No entanto, devido à situação instável no leste da Ucrânia e colapso econômico em nosso país que espreita em um futuro tão distante, agora é praticamente sem sentido.

SS - O que você conhece de bandas rock e metal do Brasil?
Maria Nosyk - Definitivamente Sepultura, Cavalera Conspiracy e Soulfly. Também Brujeria e um ano atrás, eu me familiarizei com death metal brasileiro da banda "Unearthly" durante sua turnê na Rússia e Ucrânia e visitei seu show em Kharkiv.
Obs: *Brujeria é uma banda de Death Metal/Grindcore do México

SS - Muito obrigado Maria Nosyk. Sinta-se livre para deixar sua mensagem
Maria Nosyk - Bem, na maior parte, gostaria de convidar a todos para ficar sempre atents pois sempre têm alguma música agradável em mãos para enfatizar o momento. Fique de metal e mantenha contato!
Mortalim Links:

Nenhum comentário:

Postar um comentário