segunda-feira, 24 de novembro de 2014

0

FIRE HUNTER: Viola caipira e Heavy Metal combinam?

Pode não ser uma inovação misturar elementos regionais com Heavy Metal, como o próprio Angra e Sepultura já fizeram, mas o resultado final da música “Simple But Proud”, presente no novo disco do FIRE HUNTER, tem chamado a atenção. Lançado pela Shinigami, o segundo álbum dos paranaenses, intitulado "No Fear No Lies", traz esta e outras músicas de destaque, sob a produção do renomado Tito Falaschi, que falou sobre o processo de gravação: “Foi bem sossegado trabalhar com eles, são bons músicos, o vocal também manda muito e tem um timbre que eu adoro. O processo de gravação foi animal, pois eles vieram de Ponta Grossa e fizemos tudo “full time”, e no final deu tudo certo. Eles vinham com as ideias e eu dava uma elaborada e então fazíamos com que tudo fluísse da melhor forma. Não houve nenhum problema e foi tudo ótimo”.

Tito, indagado sobre o uso de viola caipira em “Simple But Proud”, revela que a música é a sua preferida: “Adoro a sonoridade de nossos instrumentos e por mim teria mais... é a música que mais curto!”. O guitarrista Adriano Burey, responsável pelas gravações da viola, explicou como tudo ocorreu: “Foi a partir de uma experiência com uma dupla sertaneja, entrei pra tocar guitarra e comprei a viola, já que havia muitas músicas de “moda de viola”, mas eram feitas no violão, logo depois que comprei o instrumento já tive a vontade de mesclar com Heavy Metal. Eu tinha outra banda antes do Fire Hunter e já tinha feito esta mistura e havia ficado muito bom... Depois que entrei na banda a ideia sempre foi essa, de adicionar a viola em algumas musicas, pois não tem instrumento melhor pra identificar que somos brasileiros com raízes se não uma viola”.

A letra segue uma temática mais simples, segundo Burey: “Eu queria retratar mais o lance da pessoa que mora no campo mesmo, no interior. Passei um pouco da minha experiência, em tempos que passava as férias na casa dos meus tios (vários por sinal) em uma cidade aqui do interior, saía da cidade e ia pra lá viver e aprender coisas do campo. Acordava cedo, ajudava a tirar o leite das vacas, ia pra roça às vezes, ajudavas nas vacinações dos animais, e acho que consegui transmitir um pouco disso!”. E esta junção improvável tem conquistado a imprensa, como é o caso do jornalista Thiago Rahal Mauro: "A mistura de viola caipira com Heavy Metal ficou bem interessante. Foi original, pois poucas bandas ousaram em experimentar este elemento, o que admiro muito no Fire Hunter. Torço para que tenha um disco inteiro só com essa mistura".

Ouça “Simple But Proud” :

Contatos: Site oficial | FacebookTwitter