terça-feira, 14 de fevereiro de 2012

26

Súplicas ao vento

Às vezes o passado se faz presente
E mesmo num dia sol a luz não é tão reluzente,
Velhos tempos sem agonias
E com esperança ao nascer dos dias,
Tristes tempos nos novos dias, com olhos molhados
Por sonhos frustrados  e  o vento suave me espia,
Onde está a beleza de um presente, 
só vejo a tristeza que aparenta ser pra sempre.


Em uma manhã qualquer, após a máscara retocar
Digo adeus a minha infância de brilho nos olhos,
De sonhos com o futuro, ao ver-te chorar,
Nesta manhã, em que nunca quis acordar;
Velhos tempos eram doces,
Hoje tenho apenas o passado a gloriar
E um presente onde sonho em que um futuro não irá se tornar.

Vento, óh vento que estais a soprar,
Emaranhastes em meus cabelos e
Ouça atentamente o pedido que minha alma lhe fará,
Vento, óh doce vento
Meus tristes olhos não mais o verá
Traga-me, o imploro, traga-me a morte
Para minha dor sanar.

E o vento entristecido por tal súplica escutar,
Afastou-se e com um denso sopro disse, “Não!
Não cabe a mim as tuas lágrimas secar,
Aguarde e mantenha seu olhar naquela flor,
Pois de um futuro sem prantos ainda irá desfrutar,
Hoje me chamaste de maldito,
Mas amanhã em teus belos sonhos novamente irei estar”.

Escrito por: Dellone

26 comentários:

.●.※゚・.•°∴ .•☆☥Nath☥☆.●.※゚・.•°∴ .• disse...

O passado se faz presente quando as lembranças vem!!!
O presente é cada momento que vivemos e registamos...ele é pra ser vivido e o passado devemos deixar quieto e lá pra trás!!!
Os velhos tempos não esquecemos...pois fizeram parte da nossa vida...mas o que nos deixa triste...temos que ocultar!!!!
O sonho é se levantar e limpar o que ficou para não interferir o futuro...os ventos te levarão para você saborear o doce da vida!!!
Beijão querido

Letícia Lie Peters disse...

Dellone, este poema é muito inspirador... gostei muito, me identifiquei com suas palavras... e mais uma vez, obrigada por apreciar meu blog...

bjoo...

Unknown disse...

Olá srta Natasha, como vai?
realmente, a esperança não pode morrer néh!
Tenha um belo dia e muito grato por sua nobre
visita.

Unknown disse...

Srta Letícia,
Agradeço sua nobre visita e
por seu gentil comentário, obrigado srta
Certamente, faz um belo trabalho por lá!
Tenha um Bom dia e volte sempre!

Pam disse...

Olá, volto aqui para agradecer ao comentário e por tudo o mais, mesmo que eu não poste naquele blog há um tempo, pois estava começando a tornar-se dependência ao invés de escape de rotina... E, que nada cara, quem dera escrever algo com tal sentir - como nesta postagem. Acompanho-lhe aqui, até.

Gabriel B. disse...

Muito bom, como sempre.

Penélope Luzi disse...

Bravíssimo! Assim que acabei de ler pensei: isto daria uma bela música. Gosto muito quando escreves, poderia fazê-lo mais. Tenha uma ótima semana e que você tenha muitos outros momentos de inspiração como este para nos presentear. Um grande abraço!

Sofia Geboorte disse...

Gostei muito d poesia Monsieur Dellone, principalmente o diálogo com o vento, e essa nostalgia que sempre nos mantém.

(p.s: muito obrigada por todos os comentários no Relicário de Sangue, fico imensamente grata e feliz por saber que aprecia minhas palavras)

۩☆€ŁØĐƗΔ☆۩ ♀ disse...

O que posso dizer? Simplismente lindo. Não fosse essa nostalgia que nos envolve seria complicado lidar com o nosso presente.

☠Neith War☠ disse...

Pedimos pela morte como se com isso a dor parasse...acredito que a dor continua depois, ela é eterna como nossa alma...

Unknown disse...

Agradeço suas palavras e sua ilustra visita Srta Pamela, assim que postar novamente avise-me!
e sempre será muito bem vinda! Até breve

Unknown disse...

Agradeço a gentileza Lord Gabriel
sempre passo pelo "Doce Vermilion"
onde faz um belo trabalho, sempre!

Bom vê-lo por aqui, e volte sempre!

Unknown disse...

Obrigado pelo elogio Srta Penelope,
Não sou de escrever muito, só as vezes mesmo
fico feliz que tenha gostado!
Agradeço e volte sempre Srta!

Unknown disse...

Olá srta Sofia,
muito obrigado por suas gentis palavras!
Com certeza, sempre passo por lá sim
o "Relicário de Sangue" tem posts incríveis.
Volte sempre por aqui é sempre bem vinda!

Unknown disse...

Muito obrigado Lady!
Fico Feliz que tenha gostado,
é bom vê-la por aqui e volte sempre!

Unknown disse...

Este é um dos mistérios que criamos com
nossa existência.
Agradeço por sua ilustre presença por aqui
Volte sempre!

Delirium disse...

O presente é um passado contínuo tentando alcançar o futuro. Talvez o atalho seja o vento, talvez não. Talvez sirva apenas para secar velhas lágrimas e sanar velhas feridas. Poema sentido.

Unknown disse...

Obrigado!
És sempre muito bem vinda,
volte sempre!

Anônimo disse...

Olá Dellone.
Desulpe-me não ter aparecido aqui antes.
Não tive muito tempo.

Teu poema ficou perfeito.
Uma verdadeira divindade..
Amei!! *_*
Até logo..
Bloody Kisses..

Anônimo disse...

Olá Dellone, desulpe não ter aparecido aqui antes.
Não tive tempo.. =(

Mas o teu poema ficou espetacular.. Perfeito.
Uma verdadeira divindade.. ^^
Ate logo!!
Bloody Kisses..

Anônimo disse...

Olá querido Cavalheiro das Sombras...
A triste beleza da dor da esperança é tão linda e ao mesmo tempo tão contraditória, né?
Muito belas as suas palavras...
Smacks no coração.

Unknown disse...

Olá Lady Lais
Que bom vê-la por aqui, não pode sumir enh!rss
sua presença é sempre agradável!

Obrigado pelo elogio Lady
Estou sempre no "Poemas Góticos e Românticos"
conferindo e apreciando seus posts!

Tenha uma bela tarde e ótima semana!
E Volte Sempre!

Unknown disse...

Nobre Lady das Insanas Filosofias
Que honra em vê-la por aqui,
É meio assim que vejo a vida nobre Lady
ela "A vida" por si só já é contraditória com seus portadores já que nos guia inevitavelmente para a morte.
Obrigado pelo elogio!
e realmente é muito bom vê-la por aqui
Volte Sempre!

Tenha uma Bela tarde e Ótima Semana!

bianca temptation disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
bianca temptation disse...

Suplicas ao vento foi uma das mais lindas poesias que eu já vi ,parabèns

Unknown disse...

Muito obrigado srta Bianca
...é muito gratificante saber
que um de meus escritos está entre
os seus favoritos.
Tenha uma bela noite!

Postar um comentário