sábado, 15 de outubro de 2011

2

Ao Lado das Sombras

Sussurros de almas , vagando
Velas queimando para olhos que não as veem
Estou sem forças , sem ar 
A escuridão rebelou-se nesta tarde cinzenta
Ingênua Alma
Abatida pela dor , acariciada pelas trevas
Nuvens carregadas , Chuvas de dor


Ingênua Alma
Acreditando em uma nova vida ao renascer,
Abrindo os olhos ao vendo que estou
diante de uma eternidade nas sombras;
O obscuro tende a ser atraente ,
Sem reação!
O Silêncio é como melhor expresso minha tristeza
Não quero mais tentar ouvir tuas palavras,
Tampouco ignora-las 
Agora percebi que os caminhos
de uma Alma magoada 
Segue lado a lado com as Sombras.
Escrito por: Suna

2 comentários:

Anônimo disse...

Nossa Lady...
Tu és de uma grande sensibilidade...
Adorei vosso texto...
Saiba qe lhe tenho grande admiração...

☤ ĹÁÐŶ... ßĹÁČĶ ℋΞÁℛŤ.. ☤

Unknown disse...

Minha Lady Suna
teu texto ficou perfeito!
____________________

Postar um comentário